201026_111448Stein_VivaFoto_e.jpg

fotografia viva foto 

fábio del re e carlos stein

exposição

contemporâneo,

sempre

1/1
IMG_3512.jpg

fotografia nathalia duran

201026_105759DelRe_VivaFoto_e.jpg

fotografia viva foto 
fábio del re e carlos stein

planta.png

0

5

15

planta

0

1

5

10

contemporâneo,
sempre

porto alegre

exposição

A exposição itinerante Contemporâneo, Sempre, ocorrida em São Paulo e em Porto Alegre, nos respectivos edifícios do Farol Santander, apresentou um panorama de 70 anos da arte brasileira, a partir de obras do acervo do banco Santander. Com curadoria de Agnaldo Farias e Ricardo Ribenboim, estava dividida em 3 núcleos – abstração, retrato e paisagem, e contava com trabalhos de grandes artistas como Volpi, Di Cavalcanti, Candido Portinari, Tomie Ohtake, Claudia Andujar, entre outros.

A mostra em Porto Alegre contava com um espaço radicalmente diferente do espaço de São Paulo. Um espaço mais amplo, porém, não menos desafiador. Em POA, a exposição ocorreu no mezanino do Farol Santander Porto Alegre – um edifício eclético, com elementos predominantemente neoclássicos. Embora os espaços fossem completamente distintos foi mantida a linguagem do projeto, pelas cores e pela volumetria proposta.

A expografia, aqui, era composta por 2 planos segmentados e paralelos - um azul e outro vermelho – que formavam um extenso trajeto ao longo de todo o perímetro do mezanino. Os painéis ora se afastavam, ora se aproximavam, produzindo vincos e dobras no espaço, criando um percurso dinâmico, com diferentes perspectivas e composições. A relação entre as cores, posicionadas frente a frente também contribuía para a percepção das obras. 

2020

Porto Alegre

Farol Santander
curadoria 
Agnaldo Farias e Ricardo Ribenboim
expografia Adriana Yazbek
equipe Alexandre Lins, Luiza Amoroso, Luiza Ho e Nathalia Duran
produção Base 7

iluminação Mingrone Iluminação

fotografia viva foto | fábio del re e carlos stein