IMG_1146.JPG

fotografia gustavo yazbek

exposição

contemporâneo,

sempre

IMG_4725_e.jpg

fotografia gustavo yazbek

IMG_1149_e.jpg

fotografia gustavo yazbek

1/1
perspectiva site_01.png

contemporâneo,
sempre

são paulo

exposição

A exposição itinerante Contemporâneo, Sempre, ocorrida em São Paulo e em Porto Alegre, nos respectivos edifícios do Farol Santander, apresentou um panorama de 70 anos da arte brasileira, a partir de obras do acervo do banco Santander. Com curadoria de Agnaldo Farias e Ricardo Ribenboim, estava dividida em 3 núcleos – abstração, retrato e paisagem - e contava com trabalhos de grandes artistas como Volpi, Di Cavalcanti, Candido Portinari, Tomie Ohtake, Claudia Andujar, entre outros.

No Farol Santander da cidade de São Paulo, onde a mostra teve sua estreia, a cenografia - formada por 3 ilhas trapezoidais no centro do espaço, circundadas por um longo plano segmentado - era fluida e permitia diferentes percursos e fruições. As dobras e as relações entre os volumes centrais produziam perspectivas e composições inusitadas, nas quais era possível ver diferentes obras ao mesmo tempo e relacioná-las, também, sob outras óticas.

As cores - 3 tons de azuis nas ilhas e no teto e o vermelho circundante – foram escolhidas para produzir uma atmosfera introspectiva e para criar um vivo diálogo com as obras.

2019
São Paulo
Farol Santander
curadoria 
Agnaldo Farias e Ricardo Ribenboim

expografia Adriana Yazbek
equipe Alexandre Lins, Luiza Ho e Nathalia Duran

produção Base 7
iluminação Mingrone Iluminação
montagem Eprom expositores
fotografia Gustavo Yazbek